Pincel limpo é pele limpa.

Tem coisa que dá mais preguiça nessa vida do que lavar pincel de maquiagem? É uma tortura! Mas é preciso. E MUITO.

Pinceis são coisinhas muito úteis, mas que podem trazer vários problemas se não higienizados periodicamente. Isso porque eles acumulam muita sujeira, bactéria e pele morta (SIM! Pele morta! Ewww!). Eles ficam lá, ~ao vento~, com restos da sua última maquiagem e com restos seus. Infelizmente, essas nhacas não saem sozinhas, e podem fazer muito mal pra sua pele se nunca forem tiradas de lá. Elas podem causar acne, aumento de oleosidade, poros mais dilatados e até problemas oftalmológicos. Costumam dizer que maquiagem faz mal para a pele (e faz mesmo, se não tirar), mas as vezes a culpa é do pincel.

Sendo assim, vamos tirar toda essas porcarias dos nossos macios e amados pinceis.

IMG_3362

Para lavar os pinceis, uso um sabonete líquido de bebê e um pegador de panela de silicone. A maioria das pessoas usa shampoo Johnson’s, daquele amarelinho. Não acho que faça muita diferença contanto que não seja um produto muito agressivo para não danificar as cerdas. Esse é hidratante, o que ajuda a manter a maciez.

Eu os lavo um por um. Primeiro eu molho as cerdas, aplico o sabonete e esfrego na mão em movimentos circulares e de vai-e-vem. Nada de fazer muita força ou vai acabar estragando. Depois enxáguo bem e aplico sabonete novamente. Dessa vez, esfrego no pegador de panela. Ele tem esses desenhos em alto relevo, o que ajuda a limpar bem entre os pelinhos; são bem maleáveis, então não danificam nada. Enxáguo bem e vejo se não sobrou resto de produto ou de sabonete. Repito o processo quantas vezes for necessário até a água sair totalmente limpa.
IMG_3370

IMG_3371

É importante não molhar o cabo. Deixe a água ir apenas até a parte de metal, se não a água penetra na junção e faz com que a cola amoleça e que as cerdas soltem.

Depois de lavado, retiro o excesso de água com uma toalha e modelo o formato das cerdas. Deixe-as do modo que tem que ficar quando secas.

Para secar, coloque pendurado com as cerdas para baixo ou deitado sobre uma toalha, mas nunca de pé para a água não escorrer até a cola.

Para limpar a beauty blender, faço o mesmo processo dos pinceis. Lavo bem até parar de sair produto. Ela tem um produto da própria marca para higienização, mas eu não tenho. A minha já está velhinha, então não fica mais com cara de nova. Mas tá limpinha, viu?IMG_3372

E pronto! Pinceis limpinhos, macios e cheirosos. E pele limpa e macia também! Sei que é chato, mas isso tem que ser parte da nossa rotina de cuidados com a pele. Não adianta comprar os cremes mais caros se usar sempre um pincel sujo, cheio de bactérias. Com o tempo a gente acostuma, e talvez seja isso que faça diferença na sua pele!

Tem alguma dica pra compartilhar sobre isso? Deixa aí nos comentários!

Controlando o cofrinho.

 

 

 

fonte: weheartit

Gastar é bom, né? Mas chega uma hora na vida que queremos gastar menos e guardar um pouquinho, seja para viajar, para comprar algo ou só para ter uma reserva – o que, para mim, é super importante.

Mas nem sempre é fácil fazer isso! Nem todo mês consigo guardar a quantia que quero, mas sempre gosto de ter uma quantia reservadinha. Meus pais me ensinaram a valorizar o que tenho e a não sair rasgando dinheiro loucamente, então cresci com um pouco de dó de gastar hahaha. Mas como aprender a controlar o cofrinho?

Em primeiro lugar, caso você tenha um salário/mesada fixo, tenha uma meta para guardar por mês. A quantia depende do quanto você recebe e dos seus gastos necessários. Mas, por menos que seja, isso já vai te ajudar a se controlar, já que, antes de comprar algo, você vai lembrar que precisa guardar um valor X e não vai gastar todo seu dinheiro.

Além disso, pense uma, duas, três, cinquenta vezes antes de comprar algo. Você realmente precisa daquilo? O dinheiro não vai te fazer falta e não vai fazer com que seu orçamento exploda? Não precisa deixar de comprar toda e qualquer coisa para sempre ou deixar de sair o mês todo, mas também não precisa sair comprando a Sephora inteira e sair para balada toda sexta e sábado.

Mantenha seus gastos organizados. Sempre que comprar algo, anote em algum lugar; principalmente se for no cartão de crédito. Isso vai fazer com que você saiba exatamente o que gastou e o quanto você ainda tem. Deixe isso em algum lugar visível, onde você sempre lembre de marcar e sempre lembre o quanto sobrou.

Caso você esteja guardando dinheiro por algum motivo, deixe algo que remeta àquilo onde você possa ver o tempo todo. Pode ser uma foto na parede, no celular ou no fundo de tela do computador. Assim, você vai ver seu objetivo o tempo todo e não vai perder o foco.

Caso seu dinheiro seja em papel, e não no cartão, é legal manter um cofrinho ou algo customizado com o nome do seu objetivo, como daqueles que vemos no Pinterest. Desse modo o dinheiro fica guardadinho de um jeito criativo e você não fica tentado a gastar, já que não vai ficar na sua carteira dando sopa.

Se ele estiver em uma conta, transfira o que sobrou no final do mês para uma conta poupança e deixe o cartão escondidinho, fora da carteira. Fazendo isso, fica como se o dinheiro não existisse e você não tem como gastar. Mas não vale ficar pegando o cartão! Também vale pedir para alguém – pai, mãe, irmão, namorado(a) – ficar com o cartão e não te contar onde está. Aí sim não vai ter como gastar!

Por último e mais importante: não deixe de viver para que tenha mais dinheiro. Não deixe de aproveitar a vida; ela é curta e você não sabe o dia de amanhã. A chave é sempre ter moderação 🙂

 

Manhê! Me dá um bichinho?!

image

Já comentei por aqui que adotei um gatinho. Mas não contei todas as decisões que precisei tomar para isso. As vezes queremos tanto um animalzinho que esquecemos de tudo que ele demanda e que nem tudo são ronrons e lambidas, por isso, você deve considerar os seguintes pontos:

Você tem tempo suficiente para dar a atenção necessária?

Um bichinho vai demandar bastante do seu tempo, principalmente se for um cachorro. Você vai precisar dar amor e carinho para ele não se sentir abandonado, vai precisar alimentar, dar banho, levar no veterinário, dar remédios, limpar as sujeiras, e brincar. Ter um pet não é só comprar/adotar, dar comida e deixar ele lá. É uma vida que precisa de muitos cuidados, e você tem que pensar seriamente nisso antes de querer um. Pet sem atenção é um pet infeliz.

Você tem dinheiro disponível para isso?

Não adianta, por mais que o animal seja adotado, vai dar bastante gasto. Como já mencionei, precisa dar comida (da melhor qualidade possível, claro), levar no veterinário, dar remédios, banho etc. Não sai barato, e é preciso pensar se você vai ter dinheiro disponível para isso, para que não falte nada para o bichinho. E não adianta dar qualquer comida (e usar qualquer areia, se for um gato) não. Pense que, quanto mais alta a qualidade da ração, maior será a imunidade dele. Fora o veterinário, que você vai ter que levar várias vezes para dar vacina; sem contar quando o pet ficar doente (porque eventualmente vai ficar) e você tiver que gastar com o tratamento. E não se esqueça que um gato/cachorro vive em média 14 anos. É um gasto por bastante tempo. E não vá ser mão de vaca com ele. Ele merece tudo do bom e do melhor. Não adote, em hipótese alguma, se você não tiver condições de dar uma vida decente à ele.

Você tem alergia?

Querendo ou não, é um ponto bem importante. Você precisa saber se tem alergia ao bichinho ou não. Por favor, não vá pegar um, descobrir que tem alergia e depois abandonar. Não seja esse tipo de monstro.

Você tem paciência suficiente?

Coloque na sua cabeça desde já que, qualquer animal que seja, ele será irracional e não vai te entender exatamente como você quer. Provavelmente ele vai fazer uma caquinha de vez em quando ou estragar algo. Você tem que ter paciência suficiente para ir treinando o pet e para não repreendê-lo da forma errada. Nunca grite ou bata no bichinho (ou em qualquer coisa viva, né); isso só vai fazer com que ele tenha medo de você, não respeito.

Você tem emocional para isso?

As vezes, os bichinhos ficam doentes – e isso vai quebrar seu coraçãozinho. Pense que você talvez precise ver o animalzinho fazendo exames, tomando remédios, entre outras coisas. Também não se esqueça de que uma hora ele vai partir para o paraíso das patinhas. Para mim, é algo a ser levado em consideração, já que não é fácil perder alguém.

Pensou em tudo isso, respondeu sim, e ainda quer um? Então se joga! Vá até a ONG/pet shop mais próximo e tenha o melhor amigo do mundo. Ter um animalzinho faz bem pra alma e pro coração, qualquer um que seja! Tenho certeza que você vai descobrir o amor mais puro do mundo. ❤

DICAS DE ONG’s:

Sei que nem todo mundo quer adotar e que alguns dos pets (como coelho e hamster) são comprados mesmo. Mas aqui vai algumas ONG’s que adoro o trabalho.

Catland rescue – São Paulo (gatos)

Adote um gatinho – São Paulo (gatos)

GAVAA – Campinas (gatos e cachorros)

Tatuagem?

Oláaaa! Quem aí tem tatuagem? Eu tenho!

Resolvi vir aqui e falar sobre isso porque AMO tatuagem, acho incrível a ideia de ter um pedacinho de arte no seu corpo, algo que represente uma fase ou algo que você ame (ou que seja só um desenho lindo, mesmo) e só não tenho várias porque prefiro mais nos outros hahaha e também porque dói pra caramba. Então vou falar um pouquinho sobre estilos que gosto, fontes, porque eu fiz a minha, etc.

Aliás, é engraçado a reação das pessoas quando sabem que tenho tatuagem. Não sei o motivo, mas a maioria não espera que eu tenha uma! A minha não é muito grande, mas também não é do jeito que eu queria. O que leva à primeira questão:

Vale a pena fazer uma tatuagem?

Você tem que considerar que é algo que estará marcado no seu corpo pro resto da vida, a não ser que você seja rico e aceite se submeter a várias sessões dolorosas de laser. Portanto, é algo que tem que ser muito bem pensado, ou você vai se arrepender de ter feito. Mas, pra mim, vale sim a pena e eu ainda pretendo fazer mais duas. Pra mim, é algo que marca uma época da sua vida, um pedacinho de como você era quando você fez, mesmo que não tenha significado. Também amo a ideia de ter uma arte no próprio corpo, como uma tela ambulante.

Dói?

Sim! Não acredite em quem te diz que não dói nada, é tudo mentira. Dói sim; o que muda é a intensidade da dor, que varia dependendo do local e da pessoa. A minha é nas costas e no ombro, e doeu pra caramba, mas não é nada insuportável. É uma dor aguda, bem insistente e que irrita bastante (pelo menos em mim). Quando me perguntam como é a dor, o único jeito que encontrei pra descrever foi um gato te arranhando sem parar (aqui tem uma imagem sobre os lugares que mais doem).

Quando custa?

Isso depende. Quanto você está disposto a pagar por algo que você talvez precise olhar todos os dias e que vai estar para sempre no seu corpo? Eu não quis gastar muito, e acabou que não saiu do meu jeito. Além de ter me decepcionado, vou acabar gastando mais do que se tivesse feito com um tatuador mais confiável, já que vou arrumar. Então, não seja mão fechada nessas horas. Escolha um tatuador de confiança, que você tem certeza que vai ficar bom. Pense nisso como um investimento em você mesmo.

Se eu me arrependi?

Não, nem um pouco. Não ficou como eu queria, mas tenho como consertar. Não teria feito outra coisa no lugar. É algo que realmente representa a fase que eu estava na vida: fiz com 18, quando já tinha acabado a escola e estava no cursinho. Era uma fase de mudanças, e a tatuagem representa isso. Mas pretendo arrumar ela assim que sobrar tempo $$$$$.

Aliás, essa é a minha:

Onde parecem ser estrelas, eram pra ser andorinhas.

Quero fazer uma, e agora?

E agora que, primeiro: você tem que ser maior de idade. Se você já é, tem que pensar no que quer fazer, onde e o tamanho. Eu não gosto de tatuagens muito grandes, prefiro as mais simples e menorzinhas, acho que fica mais clean e delicado. Mas isso vai do gosto de cada um.

Vou colocar aqui, então, alguns estilos que gosto:

Aquarela

Love the idea of watercolor tattoos. I'm not sure how long it would last, or if it would age well...

Acho aquarela lindo! Acho incrível alguém conseguir fazer esse tipo de pintura na pele. Tenho vontade de ter uma desse tipo.

Frases/escritos:

Written tattoos. Different font ideas for my inner and outer arm tattoos.

Tipos de fontes:

FONTS! Fonts! Fonts! 20 Charming, Scripty, and Free. | Monthly font series by www.blackandwhiteobsession.com // perfect for parties, invitations, weddings, printables, Christmas Cards, + more.

As que eu quero:

tattoo inspiration - I would want the ocean (instead of mountains) and follow your heart (instead of wanderlust)

Quero muito uma tatuagem que represente meu amor por viagens! Penso em tatuar “wanderlust”.

I love the way the water color look takes plain typography and makes it amazing.

Pensei em fazer um escrito junto com aquarela. Talvez eu faça isso com “wanderlust” 🙂

Mother daughter tattoos

Por último, quero MUITO uma tatuagem combinando com alguém! Já que não consigo convencer meu namorado, acho que vou fazer uma com a minha mãe.

BÔNUS!

50 tatuagens inspiradas por livros: https://www.pinterest.com/pin/26106872816151285/

33 lugares perfeitos para uma tatuagem: https://www.pinterest.com/pin/361554676309781289/

35 tatuagens para fanáticos de Disney: https://www.pinterest.com/pin/491877590528002302/

 

E é isso! Amo tatuagens e passo horas no Pinterest olhando várias hahaha.

Quem sabe esse ano não faço mais uma?

 

OBS: todas as imagens são do Pinterest.

Receitinha pro cabelo: H com glicerina.

Faz um tempo (ão) que não posto nada sobre cabelos, mas isso porque parei por um tempo o cronograma.

Parei porque relaxei (bastante) um pouco, e nesse pouco tempo que fiquei sem seguir certinho já notei uma piora bem grande nos fios. Ainda não voltei a seguir certinho porque sempre bate uma preguicinha de ficar meia hora com gororoba no cabelo hahaha, mas esses dias fiz uma hidratação que anda bem famosa pelo Facebook da vida que amei! Minhas pontas andavam um pouco espigadas por causa da chapinha em excesso e a falta de cuidados, e ajudou bastante a recuperar.

Você vai precisar de:

IMG_3320

  • Creme de hidratação
  • Bepantol líquido
  • Glicerina bidestilada

Nas medidas, usei uma tampinha de Bepantol, uma de glicerina e uma colher e meia de creme. Misturei tudo e ficou assim:

IMG_3326

Normal, como se estivesse só o creme ali.

Passei a misturinha depois de lavar o cabelo (não usei condicionador) e enquanto ele estava úmido. Retirei só um pouco do excesso de umidade com a toalha para não ficar pingando, mas é importante que o cabelo ainda esteja molhado (nem pingando e nem secando); isso pelo fato de que a glicerina pode dar o efeito contrário com pouca umidade.

Depois de aplicar no cabelo todo e passar só um pouco de glicerina pura nas pontas (que estavam mais secas), coloquei uma sacolinha plástica por cima e uma toalha. Assim, a umidade ficaria retida ali.

IMG_3338

Importante: coloque uma touca ou toalha na cabeça para reter a umidade. A glicerina serve para puxar umidade para o fio, por isso ele tem que estar molhado. Sem a touca, a glicerina jogará a umidade do seu cabelo para o ambiente (caso o esteja com umidade do ar baixa) por sua capacidade de extrair água. Com a touca, ela irá puxar mais água por causa do abafamento.

Depois de meia hora, é só enxaguar bem e condicionar. Pode finalizar como de costume.

E é isso! Espero que tenham gostado. Qualquer dúvida, pode deixar nos comentários.

TAG: O que tem na minha bolsa?

Aproveitando o meio de semana, aqui vai um vídeo de TAG!

É o primeiro do tipo que faço, mas gosto de ver vídeos assim. Sou aloka curiosa querendo saber o que as pessoas carregam na bolsa hahahah.

A iluminação anda meio ruim porque uso luz natural, então fica variando. Me desculpem por isso! Vou tentar corrigir em breve.

Não esquece do joinha no vídeo e de se inscrever no canal!